Mostrar barra lateral
Conceito: o que significa Headless Commerce da VTEX?

Conforme os anos passam, novas formas de atuar no mercado vão surgindo, dando espaço para novos modelos de negócios e tecnologias inovadoras, como é o caso do headless commerce.

Você pode está satisfeito com a forma como seu e-commerce está estruturado, mas essa nova forma de criação de site pode ser a oportunidade que você estava procurando para melhorar ainda mais a experiência do usuário e ter uma operação que possibilita a escalabilidade.

Neste artigo vamos apresentar o conceito headless commerce e como aplicá-lo em sua loja virtual, bem como suas vantagens e diferenciais. Boa leitura!

O que é headless commerce?

O termo headless commerce vem do inglês e significa “comércio sem cabeça”. Basicamente é um tipo de e-commerce no qual o front-end, template ou head, são separados da programação back-end da plataforma de e-commerce utilizada.

Vale lembrar que o front-end é a parte do site que é vista pelo usuário quando acessa seu e-commerce, ou seja, é a interface, o layout e tudo que está acessível para proporcionar navegação ao seu cliente. Já o Back-end é o código interno que sustenta o sistema e disponibiliza as regras de negócio na totalidade, sendo um sistema de gestão interna onde os programadores atuam.

Uma plataforma headless commerce, permite fácil instalação e desinstalação de componentes de front-end a qualquer momento, tornando o front e o back-end autônomos. 

Por exemplo, se você quer inserir uma nova funcionalidade, chat para atendimento ou um sistema de precificação. Isso é possível graças a integração via API (Aplication Programing Interface) que gera instruções que permitem o acesso e integração com aplicativos terceiros.

Além disso, sua loja pode ter acesso a apps de terceiros ou até mesmo criar e integrar sua própria aplicação, personalizando layout, design, modelo de negócio e até o gerenciamento do seu e-commerce.

Por que o headless commerce está se tornando popular?

A medida que a tecnologia evolui para atender às expectativas dos clientes a estrutura dos e-commerces também evolui e expande para matrizes mais completas, possibilitando até mesmo a integração de canais, coisa que não se falava quando o e-commerce surgiu pela primeira vez.

Para falarmos de integração de canais e até mesmo o omnichannel, é preciso entender que este modelo de negócio exige uma flexibilidade que o headless commerce supre muito bem, podendo executar mudanças com baixos custos e riscos mínimos.

Além disso, este conceito permite reduzir riscos de inovação, reduzindo as dependências. Ou seja, caso sua marca queira inserir uma nova estratégia de negócio, sua equipe pode desenvolver sistemas personalizados e fazer correções mais rapidamente do que em um sistema acoplado.

Plataformas como a VTEX, por exemplo, oferece esta tecnologia, com integração com CMS de preferência, instalação de aplicativos de terceiros e até mesmo a possibilidade de criar apps para criar experiências relevantes para seus clientes.

Em resumo, a técnica economiza tempo e custos, permitindo integrações mais rápidas, maior experiência e personalizações mais rápidas.

Para quem é o headless commerce?

O headless commerce é uma solução interessante para qualquer empresa que queira aumentar sua oferta e experiência no e-commerce. Empresas que trabalham com rápidas mudanças ou estão experimentando um rápido crescimento, é interessante utilizar o comércio sem cabeça.

O conceito headless também é uma excelente opção para empresas que possuem mais de uma marca ou divisões de portfólio, pois permite criar uma estrutura unificada de front-end onde o cliente pode navegar pelos sites das marcas sem precisar sair do seu domínio.

Vantagens do Headless commerce

O crescimento constante de uma empresa, só é possível quando se atende as expectativas dos clientes, e isso está muito ligado ao modelo operacional. A escolha por uma plataforma de e-commerce que já adere este conceito, fará total diferença, veja as vantagens:

  • Agilidade para integrar com apps terceiros, prontos e testados;
  • Inovação através do incremento de apps e novos modelos de negócio;
  • Evolução eliminando as dependências entre as experiências do cliente do front-and e seus sistemas back-end;
  • Praticidade ao conectar aplicações através de APIs;
  • Usabilidade através da modificação de layout e design da sua loja conforme as suas demandas;
  • Personalização tenha liberdade para inovar a experiência do seu site e adotar novas formas de fazer negócio.
  • Omnicanalidade crie experiências de vendas em múltiplos canais e gerencie em um único lugar.

A flexibilidade de uma plataforma de comércio headless garante que seu time de desenvolvedores construam com velocidade e autonomia, códigos, APIs e integrações com terceiros, levando seu e-commerce á uma curva de inovação para ultrapassar a concorrência. 

Gostou e quer saber mais sobre como uma plataforma headless pode tornar o seu e-commerce muito mais flexível e versátil? Entre em contato com nossos especialistas para entender como destacar o seu e-commerce através do headless commerce.

Vale a leitura

A importância de ter busca inteligente em um e-commerce
A importância de ter busca inteligente em um e-commerce
Facilitar seu cliente a encontrar os produtos que procura é o primeiro passo para ter boas taxas de conversão, afinal...
Saiba mais
Como o uso de Business Intelligence aumenta a capacidade da sua loja virtual?
Como o uso de Business Intelligence aumenta a capacidade da sua loja virtual?
O uso de informações para influenciar a estratégia de um e-commerce é uma prática que vem sendo aprimorada, mas que a...
Saiba mais
Por que optar pela tecnologia VTEX IO em seu e-commerce?
Por que optar pela tecnologia VTEX IO em seu e-commerce?
A VTEX é uma plataforma SaaS (Service as a Service), com atuação em mais de 25 países na Europa, América do Norte e A...
Saiba mais

Dejar un comentario

Por favor tenga en cuenta que los comentarios deben ser aprobados antes de ser publicados